terça-feira, 1 de agosto de 2017

21º Domingo do Tempo comum A

21º Domingo do Tempo comum A

1.                  Informações básicas
- Ligar e desligar pelo poder de Deus
- Oração – Deus fonte de todo bem
- Leituras: Is 22, 19-23; Sl 137; Rm 11,33-36; Mt 16, 13-20.


2. Esquemas

1º Esquema
Feliz é Simão, filho de Jonas, porque não foi a carne que te revelou isso.. Pedro proclama que Jesus é o Filho de Deus, é a profissão de fé por excelência, e essa profissão de fé advém do próprio Deus, que como nos diz a oração hoje é fonte de todo bem, é sobre fé que a Igreja é erigida e nesta fé que Pedro tem autoridade, como Eliacim na primeira leitura de ligar e desligar, de decidir sob a ação do Espírito Santo, como que um ser humano pode ter um poder assim? São Paulo exclama como é profunda a sabedoria e a ciência de Deus, não podemos entendê-la. Por isso procuremos a vontade de Deus nos instrumentos que Ele próprio escolheu como o Papa e os bispos e outros, para que assim agradeçamos a vontade e a bondade de Deus para sempre.

2º Esquema
Sobre esta pedra edificarei a minha Igreja... Deus não precisa de nós, mas quis precisar de nós. Assim é Pedro. Sobre ele o povo congregado por Cristo é constituído, é construído, e como se constrói um povo? Através da vontade de Deus que se manifesta em instrumentos frágeis como Pedro, mas que porém tem uma fé robusta para proclamar que Jesus é o Filho de Deus, Pedro que é carne sob a ação de Deus, pode como Eliacim na primeira leitura, conduzir o povo pela proclamação da vontade Deus, pelo ligar ou desligar, que cada um de nós louve a Deus por sua profunda sabedoria e que através de sua vontade expressa na Igreja completa em nós a obra começada.

3º Esquema

Eu te darei as chaves do Reino do Céus. Como antigamente um proprietário confiava as chaves de sua propriedade para o seu administrador fiel, assim Jesus confia a Pedro as chaves do Reino dos Céus, o poder de ligar e desligar, isto é de ser instrumento da vontade de Deus no mundo. Pedro tão frágil, tão carne, mas na fé pode ser esse instrumento, assim nos admiramos de que Deus se utiliza de instrumentos frágeis, mas que pela ação do Espírito na fé podem proclamar qual é a verdadeira vontade Deus. Agradeçamos ao Senhor, fonte de todo bem e de toda sabedoria, para que mais e mais nos guie nesta vida até o dia de O louvarmos para sempre no céu pela sua infinita misericórdia. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário