quinta-feira, 2 de março de 2017

4º Domingo da Quaresma A

4º Domingo da Quaresma A

1.                  Informações básicas
- Cristo luz do mundo
- Oração –  Cristo realiza a reconciliação, que o povo vá à Páscoa exultando de fé.
- Leituras: 1 Sm 16, 1b.6-7.10-13a; Salmo 23 (22); Ef 5, 8-14; Jo 9, 1-41


2. Esquemas

1º Esquema
Jesus recria o olhar daquele que é cego de nascença, a lama em seus olhos, o homem é barro, é restaurada na piscina do Enviado, e aquele que agora vê pode testemunhar que num homem ele viu a salvação, o ungido, como na primeira leitura, não deve ser julgado pela aparência, pois o Senhor não faz acepção de pessoas, mas pela escolha de Deus. No homem Jesus devemos ver a salvação que vem até nós e pela graça que dele recebemos nossa humanidade passa a ver e somos então filhos da luz guiados pelo bom pastora das ovelhas.


2º Esquema
“É um profeta” (Jo 9, 17). O batismo lava a nossa humanidade e assim podemos ver em Jesus o salvador do mundo, o Ungido por Deus para a salvação da humanidade, e dar testemunho dele perante os homens, mesmo que isso nos leve a humilhação, porque aqueles que se prendem ao externo, fazendo acepção de pessoas não conseguem ver, nós devemos sempre buscar ver com o olhar de Deus. Aí sim, podemos “discernir o que agrada ao Senhor” e como ovelhas do bom pastor seguir sua voz.


3º Esquema
“Eu creio, Senhor” (Jo 9, 38). A nossa vocação batismal nos leva a ver no homem Jesus o Senhor, e podemos assim testemunhar perante todos, mesmo em meio a cegueira humana que Jesus Cristo é o Senhor, o reconhecimento de que somos cegos e que somente o Enviado pode nos fazer enxergar é primordial para não nos prendermos às aparências, vivermos na luz e cada vez mais reconhecer o pastor que nos guia em meio ao vale da morte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário