quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

4º Domingo do Advento A

4º Domingo do Advento A

1.                   Informações básicas
- Eis que a virgem conceberá...
- Oração –  conhecendo pela mensagem do anjo a encarnação de vosso Filho.
- Leituras:Is 7,10-14; Sl 23; Rm 1,1-7; Mt 1,18-24. 


2. Esquemas

1º Esquema
Eis que a virgem conceberá... Na proximidade do Natal, o mistério da Encarnação é vivido na Liturgia do quarto domingo do Advento. A promessa feita pelo profeta Isaías, que uma virgem conceberá, uma virgem a imagem da fidelidade a Deus concebe o Emanuel, o Deus que está conosco. São José, o justo, da descendência de Davi, assume plenamente o filho que vem de Deus, o Mistério da Salvação entra no mundo e será manifestado no Natal do Senhor, por isso, a convite do salmo abramos as portas para que o Senhor entre.

2º Esquema
Porque ela concebeu pela ação do Espírito Santo... O espírito do Natal, é a gratuidade que nos proporciona uma alegria que brota da graça de Deus, a exemplo da Virgem Santíssima, esse espírito brota da encarnação do Verbo, mistério manifestado na carne, e que nos exige a obediência da fé, por isso o melhor modo de nos prepararmos para o Natal é a acolher o Dom da Redenção,  que cada presente, cada desejo, que a preparação das mesas, esteja presente esse espírito de Doação de Deus, que nos faz ser doantes também a nossos irmãos e irmãs, e assim que o mundo louve ao Senhor nosso Deus.


3º Esquema

Ela dará a luz um filho, e tu lhe dará o nomes de Jesus, pois ele vai salvar o seu povo dos seus pecados... Deus nos salva por uma família constituída, o Verbo encarna-se e assume todo o processo de formação humana numa família, e a Mãe e virgem, concebe e acolhe o filho de Davi, tem São José como pai nutrício que o insere na descendência de Davi segundo a carne. A salvação cristã não é somente um pensamento positivo reforçado a cada ano, mas é Deus que adentra à História humana para redimi-la, a verdadeira alegria, hoje é o momento de acolhermos esse mistério manifestado na carne e do Deus de Israel busquemos a face, pois Deus se fez carne. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário