segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

2º Domingo do Tempo comum A

2º Domingo do Tempo comum A

1.                   Informações básicas
- Testemunhar o Cordeiro de Deus.
- Oração – Escutai as preces do vosso povo.
- Leituras: Is 49,3.5-6; Sl 39; 1 Cor1,1-3; Jo 1,29-34 


2. Esquemas

1º Esquema
Eis o Cordeiro de Deus... A epifania do Senhor continua no Tempo Comum, quando Jesus é apresentado por São João Batista, como o Cordeiro de Deus, aquele que pela sua entrega iria cumprir a profecia de Isaías, um servo perfeito que uniria o Povo a Deus e seria mais do que servo luz nações, para todos os povos. Nós também somos desse povo e queremos ser santos no Senhor, que a graça de Deus possa triunfar em nossos corações e com prazer fazer a vontade de Deus.

2º Esquema
“Porque existia antes de mim”...O testemunho não é somente uma palavra ou um gesto qualquer, testemunho é como São João Batista reconhecer que Jesus é o Salvador, a Palavra de Deus que exista sempre e se encarnou para ser o Cordeiro imolado de Deus para a salvação da humanidade, fora isso, pregaremos um Jesus de estória de criança, uma historinha dentre muitas. Testemunhar com a vida e a palavra que Jesus é a luz das nações, o salvador e não há outro salvador, não deve haver tergiversação alguma, como nos diz São Paulo dirigindo-se aos que invocam o nome de Jesus como Deus e salvador, e na sua graça cumprir com prazer a vontade de Deus.

3º Esquema

“Aquele sobre quem vires o Espírito descer e permanecer...” A epifania do Senhor Jesus continua no tempo pela ação do Espírito Santo, nesse Espírito somos imersos (batizados) de tal forma que todo nosso ser proclama que Jesus é o Senhor. Jesus é o servo que vem para cumprir a vontade do Pai e ser luz das nações, mas nós N’Ele somos também verdadeiros servos de Deus e luz para as nações pela graça do pai e do Senhor Jesus, graça que nos faz outros cristos, isto é, verdadeiros templos do Espírito Santo, que por obras proclamam que fazem com prazer a vontade de Deus e assim exercem o sacrifício perfeito. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário