quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

2º Domingo do Tempo comum C

2º Domingo do Tempo comum C

1.                   Informações básicas
- Aliança e Missão
- Oração – Escutai as preces do vosso povo.
- Leituras: Is 62, 1-5; Sl 95; 1 Cor 12, 4-11; Jo 2,1-11

A Aliança entre Deus e seu povo foi muitas vezes descrita como um casamento, nesse casamento Jesus manifesta sua messianiedade ao transformar água em vinho, a Aliança é caracterizada pela transformação interior do ser humano.

2. Esquemas

1º Esquema
“Houve um casamento em Caná da Galiléia”.... A Aliança entre Deus e seu povo foi muitas vezes descrita como um casamento, nesse casamento Jesus manifesta sua messianiedade ao transformar água em vinho, a Aliança é caracterizada pela transformação interior do ser humano (significado das seis talhas). No mesmo sentido a primeira leitura diz que cidade ideal, Sião, será Bem Casada, e será para sempre a alegria do seu Senhor. Nós também queremos desposar a Nova Sião, “assim teus filhos te desposam”,  imersos no Espírito (o Vinho Novo) podemos praticar obras de justiça, a partir dos dons do mesmo Espírito, e assim renovados cantar ao Senhor um canto novo, uma vida nova que louva a Deus.

2º Esquema
“Fazei o que Ele vos disser”...A Aliança entre Deus e a humanidade, cujo cume é a Hora de Jesus, a Cruz, que neste Evangelho é profetizada, tal Aliança é exteriorizada por atos, os servos da Nova Aliança, da transformação interior do ser humano pelo Espírito, devem estar atentos às palavras da boca do Verbo Encarnado, para assim serem luzeiros, como na primeira leitura e através de obras de Justiça, brotadas do Espírito derramado em nós, proclamaremos pela vida, pelos dons derramados em nós, a Nova Aliança do Cordeiro, suas Nupcias, aí sim o salmo se cumpre, a verdadeira adoração: “Adorai-o no esplendor da santidade”.

3º Esquema
“Este foi o início dos sinais de Jesus”... Na Nova Aliança, nesse matrimônio entre Deus e seu Povo, o sinal messiânico de Jesus é a transformação de água em vinho, a transformação do ser humano por dentro, a Aliança é feita no interior do ser humano, porque Deus assumiu no seu Verbo a natureza humana e Jesus Cristo se doa totalmente até a Cruz para nossa salvação, a Hora de Jesus. O Matrimônio com a Nova Sião não mais será desfeito, é para sempre, para sempre Bem casada. Essa transformação do ser humano feita pelo Espírito, manifesta-se em dons da aliança, palavra de sabedoria, ciência, curas, milagres, profecia, e outros, agora e para sempre Deus manifesta sua salvação no meio de seu povo. Por isso, que a alegria matrimonial nunca desapareça do nosso ser e para sempre cantemos o canto novo.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário