domingo, 30 de agosto de 2015

25º Domingo do Tempo comum B

25º Domingo do Tempo comum B

1.                  Informações básicas
- O maior é o que serve
- Oração – A lei é o amor.
- Leituras: Sb 2,12.17-20; Sl 53; Tg 3,16-4,3; Mc 9, 30-37.



2. Esquemas

1º Esquema
“Se alguém quiser ser o maior seja aquele que serve” O Serviço maior de Jesus foi sua entrega na Cruz e sua ressurreição, nessa entrega queremos servir ao nosso próximo a exemplo do próprio Jesus, porém essa entrega nos trará sofrimento como traz o livro da Sabedoria, as ações justas e amorosas provocam a ira do mal, portanto que Deus nos dê a graça de realizar essas ações, pois no dizer de São Tiago o fruto da justiça é semeado pelos pacificadores, que louvam a Deus pelas suas ações.

2º Esquema
“Quem acolher em meu nome uma destas crianças...” Nós queremos servir, mas não se pode servir com um coração duro de escravo, esse serviço deve ser feito como se acolhe uma criança, na simplicidade e na entrega ao Pai, essa ação não ingênua mas inocente, é que possibilita um coração semelhante ao de Jesus e assim faremos obras de Justiça como nos diz São Tiago, essa entrega na simplicidade provoca a Ira do mal, pois revela a verdadeira natureza de suas ações, mas cremos que é Deus que sustenta nossa vida.

3º Esquema

“tinham discutido quem era o maior”. Quem tem a cabeça em grandezas e em orgulho não compreende a entrega sofredora do Filho de Deus na Cruz, por isso para sair desse orgulho somente entrando na dimensão da entrega no serviço abnegado ao outro, assim começamos a entender a Entrega do Filho de Deus, ver em tanto sofrimento e dor o amor supremo que se entrega ao Pai como uma criança, ver que mesmo na perseguição dos maus e do sofrimento, a injustiça e na condenação, se permanecermos em Deus, sabendo que Ele nos sustenta é o que importa, portanto que sejamos homens e mulheres praticantes da justiça e promotores da paz verdadeira. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário