quarta-feira, 17 de junho de 2015

16º Domingo do Tempo Comum B

16º Domingo do Tempo Comum B

1. Informações básicas
- O Pastor tem compaixão de suas ovelhas
- Oração – Repletos de fé, esperança e caridade.
-  Leitura Jr 23,1-6; Sl 22; Ef 2, 13-18; Mc 6,30-34.

Jesus teve compaixão - splagchnizomai  - O amor como Entrega consiste em primeiro lugar em ver, em estar atento à realidade do outro. Depois se mover de compaixão, todo o nosso ser estar voltado para auxiliar o outro em sua real necessidade, doar a nossa vida, tempo e qualidades para satisfazer as verdadeiras necessidades do próximo, para que o necessitado tenha vida e possa tornar-se assim um ser humano livre.

1º Esquema
Jesus teve compaixão... A compaixão como dito acima, é a identificação plena com o sofrimento do outro de tal modo que as entranhas tremem, Jesus ao ver a necessidade das ovelhas, sente compaixão e ensina-lhes muitas coisas, vai ao encontro das necessidades mais profundas do ser humano, cumprindo a profecia de Jeremias que promete novos pastores e que um descendente de Davi reinaria sobre as ovelhas abandonadas, Jesus pela sua cruz e ressurreição concretiza essa profecia, no dizer de São Paulo em sua carne destrói toda divisão e torna os seres humanos um só povo, o Senhor se torna nosso verdadeiro pastor.

2º esquema
Porque eram como ovelhas sem pastor... A ovelha é um animal limitado, dependente e frágil, por isso ao compadecer-se do povo porque eram ovelhas sem pastor, Jesus vai ao encontro da fragilidade de ovelhas que não tem quem as guia e as alimente, as reúne e realiza a salvação messiânica prometida por Jeremias, Jesus é a nossa paz, aniquila em sua entrega na Cruz toda divisão e torna as ovelhas um só rebanho, Ele é o pastor que nos conduz e não nos falta coisa alguma.

3º esquema
Correram a pé e chegaram lá antes dele... Em nossa mente deve estar o olhar de Jesus e seu compadecimento pelas pessoas que procuram salvação, salvação que é plenitude de vida que as ovelhas querem, estão abandonas, exploradas por pastores e dispersas expostas a perigos e lobos, Jesus pela sua compaixão as salva, pelo gesto e pela palavra, como um verdadeiro pastor descendente de Davi, reúne as ovelhas em só rebanho, não há mais divisão, a paz é realizada e a unidade em Deus, que é a mesma coisa, o Senhor é o pastor e prepara uma mesa para a convívio eterno de suas ovelhas.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário