quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Cristo Rei A

Cristo Rei A

1.                   Informações básicas
- o Reinado Eterno 
- Oração – libertos e servindo à Vossa Majestade.
- Leituras: Ez 34,11-12.15-17; Sl 22; 1Cor15,20-26.28; Mt 25,31-46.

2. Esquemas

1º Esquema
Assentará em seu trono glorioso... Cristo morto e ressuscitado, que teve por trono sua cruz, agora glorioso julgará o Universo, e o critério de julgamento é o trono da misericórdia, seremos julgados pelas nossas ações amorosas, que produziram vida no outro, mesmo que não o reconheçamos, nossas ações reconhecem na pessoa do outro o Cristo. Este é o julgamento do Rei, é a misericórdia que separa ovelhas de cabritos, ou como no livro de Ezequiel carneiros de bodes; por isso, no Novo Adão, podemos hoje, entrar no reinado de Cristo, destruindo a morte e produzindo vida, mostrando que Ele é o nosso pastor.

2º Esquema
Eu estava com fome e me destes de comer... . Os benditos encontram o Cristo em cada ser humano, supõe e pressupõe o bem em cada pessoa humana, e fazem o bem a esses mesmos humanos. Mesmo em prisioneiros que estão presos por alguma maldade o cristão é chamado a reconhecer a presença de Deus neles. Cada vez que fizestes a cada um dos menores de meus irmãos foi a mim. O Rei dos reis, pela sua morte e ressurreição está ligado a cada ser humano, não importando cor, nacionalidade ou religião. O olhar de cada ação amorosa atinge a eternidade quando tudo será submetido a Deus, quando a felicidade atingirá os tempos infinitos.

3º Esquema
Castigo eterno e vida eterna... As nossas decisões têm um peso de eternidade, se rezamos e participamos da missa é para que cada vez mais, participando a mesa que o Senhor nos prepara conforme o salmo, para nos sensibilizar pela graça quanto a Sua presença em cada ser humano. O Senhor pastoreia a cada um de nós, e nós nos tornamos sinais do bom pastor através de ações caritativas, e seremos assim um só em Cristo Jesus, dessa forma não temeremos o juízo, mas teremos a certeza, que é o Senhor quem nos conduz.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário