segunda-feira, 30 de setembro de 2013

27º Domingo do Tempo Comum C

27º Domingo do Tempo Comum C

1. Informações básicas
- a Fé
 - Oração – Derramai a sua misericórdia.
- Hbab 1,2-3;2,2-4; Sl 94; 2 tm 2,1,6-8.13-14.

Nota exegética.
Evangelho – Servos Inúteis – acrheios –  No Antigo Testamento a única vez que aparece esse vocábulo é quando Davi se diz inútil quando é recriminado por Micol por dançar em frente da Arca da Aliança (2 Sm 6,22);

1º Esquema
“Aumenta a nossa fé”... Fé é colocar a nossa vida sobre Deus, crer que sua soberania sobre a nossa vida é total, por isso, diante de problemas enormes, como nos traz o Profeta, ouviremos que em meio às inquietações da vida o justo viverá por sua fé, mais precisamente na tradução grega a partir da fé, tudo na vida do cristão deve ter como critério de discernimento a fé, ter a Deus como fonte de nossa vida, por isso diante de tantos problemas que nos tiram a paz, como diria São Francisco de Assis, é porque colocamos esses problemas no lugar de Deus e somos chamados então a não fechar o coração como em Meriba e clamar que o Senhor reaviva o Dom da fé que há em nós pelo Batismo.  


2º esquema
“Se vós tivésseis fé...” A fé mesmo pequenina, nos faz ter a Deus como sustentáculo, e assim as decisões do nosso coração serão como as decisões do coração de Deus, e assim obviamente o que pedíssemos a Deus ele no concederia, o justo é chamado então a viver a partir da fé mesmo que os problemas se avolumem a tal ponto, como o grito do Profeta, que é tão atual “Violência”, e assim que a Palavra de Deus, o que recebemos da Igreja fortaleça e reaviva a nossa fé para darmos testemunho da verdade, e aclamar o Senhor que nos criou.

3º esquema

“Somos servos inúteis; fizemos o que devíamos fazer”... Quem tem o coração unido a Deus sempre há de reconhecer que tudo o que faz de bem é graça de Deus, por isso é obrigatório para aquele que tem fé reconhecer que é apenas um instrumento nas mãos de Deus, Deus é quem opera o bem através de cada um de nós, é por isso que devemos testemunhar que somos apenas servos inúteis, e que fazemos tudo por e na graça de Deus. Portanto, o justo, aquele que pensa e decide unido a Deus, vive a partir da fé e toda a sua decisão se baseia na Palavra de Deus, assim peçamos que a Deus que nosso coração não se feche, mas aberto à graça seja reavivado o Dom da nossa fé.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário