quarta-feira, 24 de abril de 2013

5º Domingo do Tempo Pascal C


5º Domingo do Tempo Pascal C

1.                   Informações básicas
- amai-vos como eu vos amei
- Oração – Adotados como filhos tendo a liberdade verdadeira.
- At 14, 21-27; Sl 144; Ap 21, 1-5; Jo 13,31-35

2. Esquemas

1º Esquema
“Como eu vos amei, assim também vós amar-vos uns aos outros”. Estamos no centro do Evangelho, o novo mandamento não é só amar, isso já está presente no Antigo Testamento, é amar como (Kathos) Jesus amou, com amor de entrega total da própria vida pela graça da união com o próprio Deus, esse amor que é a essência do anúncio de Paulo e Barnabé e que constitui a essência da própria Igreja e que um dia será a vivência eterna em Deus, isso sim é o céu, viver Deus que é amor, piedade e misericórdia.

2º Esquema
“Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns aos outros”, eis a identidade do cristão e da Igreja de Cristo, amor que é entrega plena para a vida do outro, vida eterna, como vai dizer São Paulo na I Cor 13, esse amor é um projeto para  Igreja nascente como o faz Paulo e Barnabé, eles constituem presbíteros, anunciam a Palavra e reúnem comunidade. Vivendo a própria essência de Deus que é piedade e amor,  vislumbramos a eternidade, que é viver a eterna felicidade do amor sem limites, pois Deus será o nosso templo, a nossa morada eterna, Deus que é amor.

3º Esquema
“Eu vos dou um novo mandamento”. O novo mandamento é a essência de todo e qualquer mandamento, é sobre  esse mandamento que será sempre escolhido o que fazer a cada momento da vida, é sobre o mandamento novo que se decidirá qual dos outros mandamentos serão cumpridos e como serão cumpridos, pois amar os outros na entrega de Cristo é amar na liberdade de Cristo. Esse é o centro da pregação paulina que faz com que se congregue comunidade de irmãos livres que adoram a Deus. É isso que é o céu, não haverá mais sofrimento, nem lágrima ou dor, porque aprendendo a viver o amor na liberdade, o viveremos no próprio Deus, Deus que não somente tem piedade, mas Deus é misericórdia, é piedade, é amor, é compaixão. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário