quarta-feira, 27 de março de 2013

2º Domingo do Tempo Pascal C


2º Domingo do Tempo Pascal C

1.                  Informações básicas
- Somos a Igreja Apostólica
- Oração – Deus de Eterna Misericórdia.
- 1ª Leitura At 5,12-16; Sl 117; Ap 1,9-13.17-19; Jo 20, 19-31


2. Esquemas

1º Esquema
“A Paz esteja convosco”, o Dom do ressuscitado é a paz, a paz para aqueles que tinham medo da morte, a paz para aqueles que vivem sem esperança, por isso ao fazer parte da Igreja, do Corpo do Ressuscitado, essa paz vem ao nosso coração pelo sopro do Espírito. A nossa Igreja é apostólica, surge do grupo apostólico e por conseqüência continua a obra salvadora dada pelo Cristo, daquele que está no meio dos candelabros, está presente para sempre na Igreja e pelo Espírito continua sua obra salvadora, para que hoje e sempre experimentemos que sua misericórdia é eterna.  

2º Esquema
Bem aventurados os que crerem sem terem visto, os que acreditam na palavra da Igreja, representada pelos Apóstolos que testemunharam a ressurreição. São Tomé foi instrumento da Providência para que nós assumamos hoje a bem-aventurança de crer nas testemunhas do ressuscitado e também ser testemunhas do Ressuscitado, daquele que  vive, o primeiro e último, continuando sua obra de salvação, curando e libertando, para que todos que a misericórdia de Deus é eterna.

3º Esquema
“Meu Senhor e meu Deus”, a mais curta profissão de fé queremos fazê-la em Deus Pai que pela morte e ressurreição de seu Filho nos fez nascer de novo, para uma esperança eterna, essa graça derramada em nossos corações a vivemos na Igreja advinda dos Apóstolos, Igreja (os sete candelabros) na qual vive o Filho do Homem glorificado, aquele que tem as chaves da morte e continua sua obra de salvação pela mesma Igreja para que neste
Domingo da Misericórdia, cada ser humano experimente a infinita misericórdia de Deus. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário