segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Todos os Santos


Todos os Santos

1.                   Informações básicas
- A Comunhão dos Santos
- Oração –  celebrar numa só festa os méritos de todos os santos
- Leituras: Ap 7, 2-4.914; Sl 23; 1 Jo 3, 1-3; Mt 5, 1-12


2. Esquemas

1º Esquema
Bem-aventurados.... Makarioi...Feliz, bem-aventurado aquele que sabe ser pobre e deixa a graça de Deus agir, felizes são aqueles que lutam pela justiça, mas ao mesmo tempo sabem que a plenitude da justiça só está em Deus, são esses que um dia se prostrarão diante do Trono e do Cordeiro, aqueles que lavaram suas vestes no sangue do Cordeiro, quando se manifestará aquilo que somos, filhos de Deus, e juntos cantaremos: “É assim a geração dos que procuram o Senhor”.

2º Esquema
Bem-aventurados os que promovem a paz, porque estes são chamados filhos de Deus, aqueles que nesse mundo vivem a graça de Deus, aqueles que trabalham não por uma paz como ausência de guerra, mas promovendo a justiça propiciam vida plena aos seres humanos que os rodeiam. Santo não é um alienado, mas aquele que sabe-se filho de Deus e vive essa vocação juntamente com seus irmãos, sabe que um dia estaremos juntos na mansão celeste, prestando o louvor perfeito a Deus que é uma vida sem mancha “Quem tem mãos puras e inocente coração”.

3º Esquema
Bem-aventurados os perseguidos... aquele que é pobre, e procura a Deus, que busca a justiça através de um coração puro, contradiz o que o mundo prega, esses lavam as vestes no sangue do cordeiro, porque unem seu viver ao viver do Cordeiro, por isso, um dia viverão para sempre diante de Deus, num povo que abrange todas as raças e línguas, (144.000), vendo a Deus como ele é, esses morarão para sempre na casa do Senhor. 

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

30º Domingo do Tempo Comum B


30º Domingo do Tempo Comum B

1. Informações básicas
- Seguir Jesus pelo caminho
- Oração – aumentai em nós a caridade.
-  Jr 31,7-9; Sl 125; Hb 5,1-6; Mc 10,46-52.

Nota exegética- Timeu, filho de Bartimeu – há uma dualidade no nome de Timeu, se se vai na etimologia semítica vem de tame’, impuro, bartimeu filho da impureza, por outro lado na etimologia grega Timeu, vem Timaios, honrado, estimado.

1º Esquema
“Jesus, filho de Davi, tem piedade de mim”... Como introdução à subida a Jerusalém está o cego de Jericó, clama pela piedade do Senhor e é curado, agora curado pode seguir Jesus pelo caminho, da mesma maneira nós pela misericórdia do Senhor somos curados da nossa cegueira do pecado podemos entender seu sacrifício na cruz, então podemos segui-lo, essa é a nossa libertação, a nossa volta do exílio no pecado e experimentar a misericórdia do sumo-sacerdote Jesus que assumiu nossa fraqueza e pode assim nos conduzir à salvação, essa é a maravilha que o Senhor fez, por isso exultemos.

2º esquema
Timeu... A impureza, o pecado, nos cega, ao ouvir o Senhor que se aproxima de nós devemos gritar pela sua misericórdia, para que esta nos faça ver o verdadeiro sumo-sacerdote que misericordioso assumiu nossa fraqueza e pode assim nos fazer ver as maravilhas de Deus, a libertação desse grande exílio em nossa miséria, aí sim, somos honrados, nos sentimos amados e estimados por Deus, aí louvaremos a Deus para sempre.

3º esquema
“Vai tua fé te curou”... Na nossa cegueira do pecado nos resta ouvir a palavra do Senhor e reconhecendo que somos  cegos clamar que o Senhor nos cure para que entendamos a sua Entrega na cruz, a misericórdia do grande sumo-sacerdote que nos salva e nos regata desse grande exílio. Que Deus transforme nossas tristezas em grande alegria.  

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

29º Domingo do Tempo comum B


29º Domingo do Tempo comum B

1.                   Informações básicas
- O Filho do Homem veio para servir
- Oração – A graça de servir a Deus.
- Leituras: Is 53, 10-11; Sl 32; Hb 4, 14-16; Mc 10, 35-45.


2. Esquemas

Observação exegética – Após o terceiro anúncio da Paixão os discípulos colocam a questão de quem é o maior, não entendem o messianismo de Jesus, logo a seguir vem o cego de Jericó,  como em outros evangelhos, para iniciar a subida para Jerusalém e a morte e ressurreição de Jesus, demonstrando a cegueira do discípulo e que somente no seguimento de Jesus pelo caminho até Jerusalém fica claro o seu messianismo.


1º Esquema
“Deixa-nos sentar...” Os discípulos querem o poder, querem um Reino Glorioso do Messias no qual se sentarão a direita e à esquerda para mandar. Mas, Jesus mostra que o seu messianismo é o batismo de Sangue, é servir na cruz, no cumprimento da profecia de Isaías, o servo carrega as culpas e justificará a muitos, esse é o sacerdócio de Cristo, um sacerdócio misericordioso, provado em tudo menos o pecado, que nós no nosso carregar a cruz no serviço a Deus possamos sempre esperar em Deus que nos socorre com sua graça.

2º Esquema
“Entre vós não deve ser assim...” O ser humano sempre busca o reconhecimento de outros, o aparecer num mundo glamoroso é buscado com todas as forças, os discípulos não eram diferentes queriam se sentar ao lado de um Messias glorioso, mas a resposta é tomar o cálice da Ira de Deus, é experimentar até o fim a fragilidade humano, é ser batizado no próprio sangue, é doação pura, nisso consiste o Messianismo prometido por Isaías ao contemplar o servo, que no seu sofrimento traz luz para o ser humano, e nós somos convidados a renunciar a qualquer ânsia de aparecer, de poder, e diante do trono da Graça que é a Cruz redendora obter a graça de carregar a cruz, esperar em Deus aconteça o que acontecer.

3º Esquema
O Filho do homem veio para servir... Jesus é o Messias servidor, aquele que vem para doar vida ao seus irmãos e irmãs, essa doação traz sofrimento, mas a entrega já é a própria recompensa do seguidor de Jesus, mesmo em meio a sofrimentos. Sofrimento que se torna redentor e o nosso sofrimento unido ao de Jesus se torna também redentor, por isso que do trono da Graça que é a cruz do Sumo-Sacerdote misericordioso Jesus, possa nos vir a graça para nos sustentar no serviço a Deus e ao próximo. 

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

28º Domingo do Tempo Comum B


28º Domingo do Tempo Comum B

1. Informações básicas
- Vem e segue-me
- Oração – Que a graça de Deus nos preceda.
-  Sb 7, 7-11; Sl 89; Hb 4,12-13; Mc 10,27-30



1º Esquema
Depois, vem e segue-me...Não basta cumprir os mandamentos, esse cumprimento deve levar ao desprendimento e ao seguimento de Jesus numa entrega total, o apego à riqueza não permitiu que aquele homem seguisse Jesus, essa decisão de se entregar totalmente é a verdadeira sabedoria que Salomão pede como nos mostra a primeira leitura, e para nos ajudar a formar nessa sabedoria que nos leva ao seguimento é a Palavra de Deus que nos julga os pensamentos e as intenções do coração e nos forma na verdadeira sabedoria.

2º esquema
“Eis que deixamos tudo e te seguimos”... Ao nos desprendermos de tudo e nos entregarmos ao Senhor, no seu seguimento, laços verdadeiros de amizade em Deus são formados, a Providência vai a frente de nossas decisões sabias e vai construindo relacionamento e passamos a formar não uma família de sangue, mas a família de Jesus. Para viver nessa família temos que ter decisões amorosas formadas pela Palavra de Deus até o dia da reunião da família eterna no Reino de Deus para sempre.

3º esquema
Para os homens isso é impossível... O ser humano é um ser necessitado e é muito fácil para esse ser humano apegar-se, por isso é preciso a graça de Deus que nos ensine uma sabedoria eterna que nos ajude a nos desprender da riqueza e de todo ser humano, a Palavra de Deus vem a nós e no discernimento faz esse processo de desapego até que um dia nos entreguemos totalmente nas mãos de Deus.

27º Domingo do Tempo Comum B


27º Domingo do Tempo Comum B

1. Informações básicas
- O que Deus uniu
 - Oração – Derramai a sua misericórdia.
- Gn 2,18-24; Sl 127; Hb 2,9-11; Mc 10,2-16.

1º Esquema
O que Deus uniu o homem não separe... a boa nova do matrimônio é que a união de homem e de mulher é realizada por Deus, essa união é uma bênção de Deus, romper com isso é romper com aquilo que o Criador deixou impresso no interior de cada ser humano (1ª leitura), esse amor mergulhado no mistério da Redenção em Cristo chegará à sua plenitude na eternidade.O Senhor abençoe a Sião, e que a bênção que é a família cresça cada vez mais entre nós.

2º esquema
O homem deixará... para que haja verdadeiramente matrimônio é necessário que o homem deixe seu pai e sua mãe, haja maturidade o bastante para que livre esse homem se una a uma mulher e assim forme uma só carne, quando isso não acontece o coração humano endurece e surge o divórcio, por isso é preciso formar o ser humano para a união em uma só carne, para que haja verdadeiramente famílias felizes e abençoadas até chegar a consumação no Reino de Deus em Cristo Jesus.

3º esquema
Deixai vir a mim as crianças... O Reino de Deus é das crianças, daquelas que se entregam totalmente nas mãos de Deus, somente quem aceita o Reino de Deus assim, compreende a boa nova do Matrimônio e não permite que seu coração endureça, são pessoas que agem como crianças que deixam a graça de Deus agir e formam então uma só carne. Até o dia em que na consumação do Reino de Deus chegaremos a Sião Eterna, onde seremos uma só família.