segunda-feira, 19 de março de 2012

5º Domingo da Quaresma B


5º Domingo da Quaresma B

1.                  Informações básicas
- Cristo morto e ressuscitado nos atrai
- Oração –  entregar-se a Deus na mesma entrega de Cristo
- Leituras: Jr 31,31-34; Sl 50; Hb 5,7-9; Jo 12, 20-33


2. Esquemas

1º Esquema
Se o grão de trigo não morrer... A entrega de Cristo é sua morte e ressurreição, o ser humano estava morto pelo pecado e a entrega de Cristo é para que o ser humano tenha vida e vida em abundância, nesse processo de entrega cada um de nós é convidado a se associar, caminhar na mesma caridade de Cristo que o levou a entregar-se à morte no seu amor pelo mundo. Essa graça de entrega é impregnada em nosso coração, essa é a nova Aliança profetizada por Jeremias, que nos leva a colocar nosso sofrimento e morte a serviço de Deus, por isso peçamos um coração puro, uma decisão pura de entrega pela salvação do mundo.

2º Esquema
Quando for elevado da terra, atrairei todos a mim... A elevação do Filho de Deus encarnado é sua morte de cruz e ressurreição, não são duas elevações, mas uma única, representada no Mistério Pascal, é o mesmo amor que o impele a ser elevado para a salvação do mundo, e nos convoca a mesma entrega na medida que nos exorta a não nos apegarmos a própria vida, para essa nossa entrega temos que nos associar à entrega de Cristo, essa graça de entrega é impregnada em nosso coração, Nova Aliança, conhecemos assim Deus como Ele é, nessa mediada cada suspiro ou dor torna-se um verdadeiro louvor a Deus como o de Cristo o foi, Que Deus nos dê um coração puro, livre do egoísmo e do  pecado, para nos entregarmos totalmente.

3º Esquema
Se alguém me serve meu Pai o honrará... Jesus é o servo sofredor que por sua morte e ressurreição, sua doação e entrega nos possibilita a salvação, somos servos Dele e Nele, nessa medida a Aliança Nova é esse entregar-se à morte no seu amor pelo mundo que é impresso em nosso coração, a partir de agora o conhecimento de Deus é graça pura, que nos leva a ter a salvação eterna por que lhe obedecemos, salvação na qual experimentamos a alegria perfeita. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário