domingo, 18 de setembro de 2011

26º Domingo do Tempo Comum A


26º Domingo do Tempo Comum A

1. Informações básicas
- Ser cristão é agir bem
- Oração – Deus mostra seu poder no amor e na misericórdia.
- Ez 18, 25-28; Sl 24; Fl 2, 1-11; Mt 21, 28-32.

1º Esquema
“Qual dos dois fez a vontade do pai?” O Cristianismo é práxis, é prática que gera a vida na videira do Pai, portanto o amor cristão não é somente afetivo, mas também efetivo, isto é, é prática que gera vida, se se pratica o bem é justo, se se pratica o mal é ímpio, e a este é preciso arrepender-se e começar a fazer o bem, ter os sentimentos de Jesus é entrar nessa dinâmica de entrega de morrer para si mesmo para produzir vida. Que o Senhor mostre seus caminhos para que aprendamos a fazer o bem.

2º esquema
“Os cobradores de impostos e as prostitutas vos precedem no reino de Deus” para quem assume-se pecador, como nos diz Ezequiel, quando o ímpio se arrepende ele reconhece Deus que o perdoou e pratica o bem, diferente dos hipócritas preocupados com a própria aparência de justiça, por isso os pecadores reconhecendo-se assim, podem ter os mesmo sentimentos de Cristo Jesus e praticar o bem porque deixam a graça de Deus agir.

3º esquema
“mudou a opinião e foi...” o não do pecador que se arrepende é momentâneo porque depois reconhece a necessidade de obedecer o Pai, somente aquele que reconhece a bondade do Pai, aquele que tem ternura e compaixão, é que consegue voltar, converter-se, somente aí se reconhecendo ímpio ele se arrepende. A hipocrisia é impede ver esse amor de Deus, e impede que o arrependimento aconteça, por isso contemplando a entrega de Jesus peçamos que o nosso coração se volte para o Pai e volte a ter decisões por fazer o bem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário