segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

8º Domingo do Tempo Comum A


8º Domingo do Tempo comum A

1.                  Informações básicas
- Providência de Deus
- Oração – a paz na vida para servir na alegria.
- Leituras: Is 49, 14-15; Sl 62; 1 Cor 4, 1-5; Ev 6, 24-34.


2. Esquemas

1º Esquema
Ninguém pode servir a dois senhores, o nosso coração tem que estar uno em Deus, por isso toda preocupação (merimnate – mente dividida) deve desaparecer de nosso coração, para isso a confiança na Providência de Deus, Deus cuida de seus filhos e filhas, a certeza de que como uma mãe, jamais Deus vai deixar seus filhos abandonados, e é essa certeza que nos faz ter uma paz para servir, para sermos verdadeiros servidores de Cristo, até que, após um aprendizado de confiança em Deus nesta vida, repousaremos em Deus para sempre.


2º Esquema
Olhai os lírios do campo... A natureza como mestra, nos ensina que Deus mantém sua criação, a nós compete, primeiramente, já nos preparando para a Campanha da Fraternidade deste ano de 2011, entender a voz de Deus que emana na Criação, ver que ele cuida da sua obra, e se cuida assim dos lírios, cuidará de cada um de nós, essa fé, não é uma fé cega, mas uma confiança de um filho que sabe que sua mãe vai ao encontro de suas necessidades, confiança que desembocará no julgamento do Senhor, que dará a cada um o que é merecido, essa certeza de fé nos faz rezar: “Só em Deus a minha alma tem repouso, só ele é meu rochedo e salvação”. Só Ele.

3º Esquema
Olhai as aves do céu... Contemplas as aves que livres voam e vivem sob a misericordiosa Providencia de Deus, nos leva a querer sempre ser livres em Deus, para isso a confiança em sua providência nos deve levar a saber, que quanto mais buscamos o Reino de Deus e sua Justiça, a Providência D’Ele nunca falhará. Providência que fez Abraão confiar que Deus providenciaria um animal para o Sacrifício, Providência que nos faz confiar que Deus jamais nos abandonará. Confiança necessária para aqueles que são administradores dos mistérios de Deus, esse administrador deve ser fiel, deve ter a fidelidade a Deus e em sua Providência, assim, conduzimos uns aos outros ao Deus, que é nossa Rocha e nossa proteção.

4º esquema

Buscai o Reino de Deus e sua justiça e tudo (panta) vos será dado em acréscimo. A confiança em Deus  e em sua Providência que mantém a vida do mundo e a nossa, não é uma confiança cega e inconseqüente, de nós é exigido buscar o Reino e sua justiça, mesmo que não vemos essa justiça ainda atuar em meios aos pecados humanos, o ser humano é chamado a construir essa justiça, e a certeza da fé, é que Deus que nunca abandona seu povo, providênciará tudo o que é necessário para que a Obra do Reino se expanda, nesse processo a nós compete ser servidores fieis, servidores que confiam na justiça de Deus que no Dia da Manifestação triunfará sobre toda a infustiça, e naquele dia Deus que sempre foi nossa Rocha, será nossa Glória e Salvação para sempre. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário